O encontro aconteceu na sala de reuniões do governador. (Foto: Patrícia Silva)

CONSER: Bispos e governo estadual dialogam sobre Segurança Pública no Ceará

A primeira reunião, de 2018, do Conselho Episcopal Regional (CONSER) da CNBB Nordeste 1 teve início nesta segunda- feira, dia 25 de junho, pela manhã, no Palácio da Abolição, em Fortaleza, onde os bispos das dioceses do Ceará se reuniram com o governador Camilo Santana. A pauta principal foi a análise das propostas apresentadas, pela conferência, no documento sobre Segurança Pública no Estado.

Essa temática já foi discutida em outro encontro com o governador, mas dois motivos fizeram os bispos retomarem essa discussão: o tema da Campanha da Fraternidade 2018, que fala sobre superação da violência, e o agravamento desse cenário no Estado. “Queremos com isso colaborar para a paz e a justiça no nosso Estado, não só levantando questões, mas também apresentando propostas de encaminhamentos e soluções”, justificou o secretário da CNBB Regional, dom Antônio Cavuto.

Dom Ailton Menegussi, bispo de Crateús, fazendo sua colocação. (Foto: Patrícia Silva)

As propostas giraram em torno da promoção e respeito aos direitos humanos no centro da concepção de uma segurança cidadã, com fortalecimento e ampliação de formas de participação e controle social; prioridade absoluta de crianças, adolescentes e jovens e combate a todas as formas de opressão (racismo, lgbtfobia e violência de gênero); fim do encarceramento em massa, da degradação da vida nas prisões e reformulação dos centros educacionais; e, o desarmamento, controle de armas, tendo em vista um sistema criminal mais eficiente.

À medida que era lido cada tópico das propostas, o governador, com seus secretários, esclarecia o que já havia sido feito, apresentando também os projetos que estão em execução.

Todos as propostas do documento foram discutidas. (Foto: Patrícia Silva)

A reunião, que foi concluída no início da tarde e contou também com a participação dos assessores da CNBB no Ceará e da irmã Rosália Alencar Alves, secretária executiva do regional, foi o primeiro momento do Conser que deve se estender até a próxima quinta- feira, ao meio dia.

Encaminhamentos

Após dialogarem sobre as propostas, o governador apresentou alguns encaminhamentos elaborados a partir das demandas e partilhas das realidades de cada diocese. Foram eles:

Governador Camilo Santana. (Foto: Patrícia Silva)

1- Ampliar parcerias com instituições/ entidades de recuperação de dependentes químicos;

2- Situação dos empreendimentos “Minha casa, minha vida”;

3- Construção do presídio de Crateús;

4- Ampliação das vagas do Programa de Proteção;

5- Realização da Conferência Estadual de Segurança Pública Descentralizada;

6- Relatório de homicídio de adolescentes;

7- Convidar o prefeito de Fortaleza e o presidente da APRECE (Associação dos Municípios do Estado do Ceará) para participarem das próximas reuniões com os bispos;

8- Inserir a presença do Secretário da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social nas reuniões mensais do Ceará de Paz;

9- Realização das Campanhas: CNBB, desarmamento.

Para dom Cavuto, o resultado desse encontro com o governador do Estado foi muito positivo. “A gente nota que, por parte do governador e seus secretários, há boa vontade de nos ouvir e considerar essas propostas. É muito bom a gente sentir que há o desejo do governo de uma colaboração nossa, como Igreja, tendo em vista o bem do nosso povo. Esse é o nosso interesse, promover tudo aquilo que vá proporcionar melhores condições de vida para nossa população já tão sofrida”, disse.

Igreja e Poder Público

A ligação entre Igreja e Poder Público é vista, pelo governador Camilo Santana, como uma relação importante para o bom andamento da sociedade.

“Pra mim é muito importante ouvir as reclamações, as demandas, as sugestões da Igreja aqui no Ceará. Nós criamos esse ambiente para nos reunir, discutir. Pra mim é importante para o governo, para a equipe do governo, pra mim enquanto governador essa aproximação da Igreja Católica com o governo pra que a gente possa construir ações conjuntas e nos fortalecer principalmente nos desafios de enfrentamento dos problemas do Ceará”, disse Camilo.

O Conser acontece semestralmente e, desde 2016, o primeiro dia do encontro tem tido como pauta a reunião com o governador.

 

Por: Jornalista Patrícia Silva (MTE 3815/CE)

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Redes Sociais

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!